RN é o estado que menos cresceu no Nordeste

O Rio Grande do Norte gosta de andar na contramão. O fato de o PIB estadual ter sido o que menos cresceu no período entre 2002 e 2010, uma das fases de maior crescimento econômico de todo o país, demonstra esta hipótese. Houve crescimento, mas em números baixos se comparado aos outros estados na região e aquém do necessário para o Estado resolver sua desigualdade.

Veja o estudo do IBGE

Antes de falar sobre isso, é preciso explicar o que significa o Produto Interno Bruto. A grosso modo, é a soma de todas as riquezas produzidas em uma determinada região durante um determinado período. Em termos gerais, o número representa a soma do consumo, do investimento e do saldo da balança comercial. Ele é o principal indicador do grau de desenvolvimento econômico de uma região.

O crescimento do PIB tem a ver com a criação de empregos, a melhoria na renda das pessoas e aumento na carga do investimento público e privado. A estagnação, ou até a recessão, representam o inverso disso. Na economia, o PIB alterna ciclos de expansão e recessão, uma política pública desenvolvimentista age para suavizar os ciclos com o objetivo de garantir crescimento com a inflação sob controle.

O Nordeste foi uma das regiões que mais cresceram durante o período. No jargão atual da economia, foi em rimo chinês. A Paraíba, por exemplo, cresceu 10% em 2010. Nenhum país do mundo, hoje, cresce nessa proporção, com exceção da China.  A média de crescimento econômico do Nordeste foi de 4,8%, maior que a média nacional no mesmo período, que foi de 4,6%. O RN cresceu a uma média anual de 3,7%, bem abaixo do restante dos outros estados.

Se separarmos as médias por períodos eleitorais, a média do crescimento foi ainda mais baixo durante o segundo mandato da governadora Wilma de Faria. Em 2009, ano de crise econômica, e em 2003, tivemos o menor crescimento, de 1,5%. Em 2010, puxado pela recuperação do Brasil e pela estratégia de aquecimento da economia através do consumo, obtivemos o maior de 5,1%.

Outro dado que chama a atenção é quanto a participação dos setores na composição do PIB. No caso do RN, o setor público responde por 28% dessa participação. Isso significa dizer que, praticamente, a cada R$ 3 que circulam na economia, R$ 1 é dinheiro público. O dado demonstra a dependência que a economia estadual ainda tem do poder público.

Reverter o quadro significa reverter políticas. Os jornais enfatizaram a necessidade da melhoria na infraestrutura do Rio Grande do Norte. Natal é a cidade do Brasil mais próxima da Europa e dos Estados Unidos, é, o que chamam no jargão econômico, uma baita vantagem comparativa ainda mal aproveitada. É preciso ampliar e melhorar os portos, as estradas e os aeroportos da cidade para melhorar o escoamento da produção.

Mais isto só não basta. O RN não pode se contentar em ter uma economia baseada em turismo, petróleo e fruticultura irrigada. É preciso não só trazer, mas incentivar a criação de empresas, principalmente na área de tecnologia e de energia. Há um potencial do Estado se tornar referência em produção e venda de energia limpa, que é ainda mal aproveitado. A economia local precisa urgentemente se descolar do setor público e o setor industrial precisa ser aquecido.

O dado é uma consequência de anos de uma política ainda mal realizada no Estado. A perspectiva do crescimento do PIB em 2011 e 2012 devem ser ainda pior. Não me admiro se o RN tenha entrado em recessão nesses últimos dois anos, a falência de algumas empresas, a seca e a queda exponencial da atividade turística são indícios disso. Ou a política pública muda e se moderniza, ou seremos condenados a, sempre, andar na contramão do desenvolvimento.

Anúncios

Um Comentário

  1. Pedro Miguel

    Fábio, excelente assunto a ser abordado. Vale a pena lembrar também que o Rio Grande do Norte o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) do Rio Grande do Norte também tem crescido menos que o dos outros estados. Além disso, no que diz respeito a infraestrutura, não podemos esquecer as ferrovias.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s